Guilherme Falcão is a graphic designer and editor from São Paulo, Brasil, working in printed and digital media, and also a researcher and teacher. Since 2016 he is the art editor of Nexo Jornal.

Guilherme Falcão é designer e editor, trabalhando em mídia impressa e digital, além de pesquisador e proessor. Desde 2016 é o editor de arte do Nexo Jornal.
Selected Works
Trabalhos Selecionados

2010—2020







CREATIVE.DOC
— 2020
Fui entrevistado pelo designer Glauber Rocha em sua série de perfis para o projeto Creative Doc. Leia aqui.

Interview/profile at Creative Doc, a project by graphic designer Glauber Rocha.









EXCH W/ Turkers
— 2020
Plataforma online em que você pode conversar com os trabalhadores que treinam as inteligências artificiais do Amazon Mechanical Turkers, e conhecer mais sobre a realidade de trabalho em tecnologia. Um projeto GAIA/G4AI e InovaUSP, em parceria com o artista visual Bruno Moreschi, o pesquisador Gabriel Pereira e o desenvolvedor Bernardo Fontes. Publicado em colaboração com aarea.

On-line plataform where you can chat and get to know more about the workers behind the machine learning of Amazon Mechanical Turk’s AI database — and their harsh and underpaid work conditions. A project by GAIA/C4AI, Inova USP,  together with artist Bruno Moreschi, researcher Gabriel Pereira and Dev/Researcher Bernardo Fontes. It was presented by aarea, an online "art gallery" for temporary projects.








DESIGN EM CONTEXTO
— 2020
Uma série de pequenos ensaios críticos e reflexões sobre peças históricas e atuais do design gráfico brasileiro. Um projeto pessoal disponível no ︎instagram ou ︎nesta página.

Design in Context is an ongoing series of short critical essays on historical and present day brazilian graphic design pieces. (Portuguese Only)








GAVETA
— 2019
A two-week occupation / collaboration with PUBLICA, a space event in downtown São Paulo. The starting point was a publication/exhibition centered around the “Drawer”, where I collect images and writings that inform and influence my pratice.

The publication is a collection of those images arranged by visual / conceptual similarity, accompanied by a small booklet with small texts from different sources (from fashion designer Miuccia Prada to indigenous activist Aílton Krenak). Together with the exhibition there was an opening event with a talk / lecture; a workshop where students were invited to present, share and design a publication with their own influences; and a one-day book fair centered around graphic designers self initiated projects.

Uma ocupacão / colaboração com a PUBLICA, espaço de eventos no centro de São Paulo. O ponto de partida foi uma publicação/edição baseada na "Gaveta", onde coleciono imagens e escritos que influenciam e informam minha prática.

A publicação coleciona algumas dessas referências, arranjadas por similaridade visual e conceitual, acompanhada de um pequeno livreto com algumas das frases de diferentes origens (da estilista Miuccia Prada ao ativista indígena Ailton Krenak). Além da exposição também ocorreram uma fala/palestra; uma oficina, onde os alunos fizeram uma versão coletiva da publicação, compartilhando suas próprias referências; e uma mini-feira de projetos auto-iniciados de designers gráficos.










NEXO: 2010—2019
— 2019

A series of 8 special features that attempted to make sense of the 2010s, through short essays and interviews with scholars, researchers, critics and journalists in several fields.

The layout took a rather bleak and chaotic approach as a means to represent a decade that started with an optimistic view, but ended with a series of crisis seemingly all over the world. This was expressed through imagery that appeared to be “defected” somehow: glitch effects, loading problems, bitmap and pixelated textures, as if utopia became distopia.





Série de conteúdos especiais que tentam recontar década dos anos 2010 através de 8 ensaios curtos, uma linha do tempo e opiniões de pesquisadores, críticos e jornalistas. 

O layout austero e caótico tenta representar uma década que inicia com otimismo mas termina com uma série de crises globais. Foram desenvolvidas colagens que incorporaram "defeitos especiais" com glitch, simulando problemas de resolução, pixelização e carregamento, tentando passar a ideia de uma período que "deu pau".






MY NAME IS — IVALD GRANATO — EU SOU
— 2019



Visual Identity, exhibition design and printed matter (invitation, booklet) for the first major retrospective of Ivald Granato after his sudden death. Working in painting, sculpture, video, and a pioneer of performance in Brazil, Ivald was an iconoclast known for his work as much as for his captivating persona.

The visual identity combined the deep colours found in his painting works, with images of his personal life. The cover for the booklet folds out into a poster with a very closed up textured detail of one os his paintings on the one side, and images of his performance works and personas on the other.
Identidade visual, sinalização e material impresso (convite, livreto) para a primeira retrospectiva póstuma do artista visual, pintor, performer Ivald Granato.

A identidade combina as cores cores encontradas em suas obras com imagens de seu trabalho em performances e sua vida pessoal.







DIRECTOR'S CUT
— 2019/2020
Series of 8 digital single covers for Pfink's "Director's Cut" series. Much like the songs themselves, original compositions that have been reimagined, the covers are designed around ideas of reference, appropriation and cliché.

Série de 8 capas de singles digitais para a série "Director's Cut" de Pfink. As artes se baseiam em ideias de apropriacão, referência e clichés, aludindo à natureza das canções originais que foram revisitadas pelo artista.








NOVA FOTOGRAFIA
— 2019
Visual identity, signage and digital promotion for the 2019 edition of New Photography exhibition series at MIS (Museum of Image and Sound) / São Paulo.

Identidade visual, material de divulgação e sinalização para o ciclo Nova Fotografia 2019 no MIS/São Paulo














TEMPORADA DE PROJETOS 2019
— 2019/20

Exhibition design and digital campaign for the 2019 installment of Temporada de Projetos (Project Season) at Paço das Artes. A year-long series of solo exhibitions by new and upcoming contemporary artists. This year the identity's usual typographic approach also references forms and geometry, splitting areas and fields of information. Color was used in different approaches: full bleed for the exhibitions, and colored type for related events (workshops, lectures etc).

Identidade visual e campanha de divulgação para a Temporada de Projetos 2019, do Paço das Artes. A identidade, quase sempre tipográfica, este ano se baseou em fichas, formulários e geometria, dividindo o campo em diferentes áreas. A cor foi utilizada de duas maneiras diferentes: fundo colorido para as exposições, e tipografia colorida para os eventos relacionados (palestras, oficinas etc).








RECODING ART
— 2019
Poster for the documentary Recoding Art, an art film by Bruno Moreschi and Gabriel Pereira. The methods of AI are represented by the title of the film, that appears to be generated as it is read.

Cartaz para o filme Recoding Art, um documentário / obra de Bruno Moreschi e Gabriel Pereira. O método das IA é representado pelo título do filme, que é "gerado" a medida em que é lido.








100XBAUHAUS
— 2019
Art direction, research and content for a special feature on Nexo Jornal that tells the story of the Bauhaus through 100 "icons": works, concepts, moments in history, characters. 

Direção de arte, pesquisa e conteúdo para um material especial no Nexo Jornal que conta a história da Bauhaus por meio de 100 itens: trabalhos, conceitos, momentos na história e personagens.









VITRINE PLATOTIPOS : P
— 2018




I was one of the designers invited to draw a character for the Platotipos Window exhibition. My contribution is an uppercase P designed by interpolating all the Ps from the typefaces I've used the most over the last 5 years.
Fui um dos designers convidados para desenhar um caractere para o projeto Vitrine Platotipos, organizado pelo Platô e estúdio Grade Minha contribuição é o desenho de um caractere P maísculo composto a partir da sobreposição deste mesmo caractere das famílias tipográficas que mais uso em meus projetos ao longo dos últimos 5 anos.








OUTRA 33a BIENAL DE SÃO PAULO
— 2018



Graphic design for the project Another 33rd São Paulo Biennial, made in collaboration with the artist Bruno Moreschi for the 33rd São Paulo Bienial.

The project is a series of actions that reflect upon the institution's history and role. Happening during the exhibition's duration, they were organized on a website, PDF documents, and presented on a video. The visual identity for the project is inspired by a supposedly "neutral" and modernist design, referencing documentation, forms.

The typeface Neutral, by Kai Bernau, was adopted as Bruno's oficial typeface for all his design projects.
Projeto gráfico para a obra do artista Bruno Moreschi durante a 33a Bienal de São Paulo – afinidades afetivas.

O projeto consiste num conjunto de ações que problematizam institucionalmente a Bienal e sua história, propostas por uma equipe com produtora, programadores e designer. Essas ações são documentadas num website, em documentos pdf, num video exposto no guarda-volumes da Bienal, em faixas do áudio-guia.

O design do projeto é visualmente simples, remetendo à ideias de estruturas de registro, arquivos, fichas, grids construtivos. Foi utilizada a tipografia Neutral de Kai Bernau, que será empregada na identidade visual de todos os projetos do artista Bruno Moreschi de agora em diante.






ESTADO(s) de EMERGÊNCIA
— 2018
Posters, digital invitations, a leaflet/guide and booklet for State(s) of Emergency, an art exhibition by the Paço das Artes cultural center in downtown São Paulo. The works and curatorial approach reflected upon the dictatorship period of brazilian society, and its reminiscences in the modern day.

The design took inspiration from redacted documents and political graffitti: censoring and public manifestation. The opening wall of the exhibition was “defaced” with spray paint, the title of the exhibition was interfered and redacted. Black and yellow were chosen as a sign of “warning”.

Identidade visual, campanha digital sinalização e catálogo para a exposição, com curadoria de Priscila Arantes e Diego Matos. Os trabalhos exploram as história do período de ditadura militar no Brasil, e suas reminiscências no contemporâneo. A identidade explora a linguagem visual de documentos rasurados e editados, e também o grafite como manifestação política.





The catalogue was awarded the certificate for excellence in typography at tdc66.

O catálogo foi premiado com o certificado de excelência em tipografia no tdc66.







ELEIÇÕES 2018
 — 2018
Na hora de pensar a linguagem visual da cobertura de eleições 2018 do Nexo me inspirei nas palavras de nosso editor chefe, Conrado Corsalette, pra refletir sobre os últimos anos. Muros, polarizações, rompimentos, quebras de acordo – muito não, muita recusa, muita gente desistindo de viver junto.

Misturando Terry Gilliam com memes, vetor com colagens fotográficas, pelas mãos lindas da redação e hábeis de Thiago Quadros e Ricardo Monteiro, tomamos de empréstimo uma versão mais brilhante do verde-confirma, na esperança de que transpareça uma democracia que funcione, com suas dores e delícias.






TEMPORADA DE PROJETOS 2018
— 2018/19
Exhibition design and digital campaign for the 2018 installment of Temporada de Projetos (Project Season) at Paço das Artes. A year-long series of solo exhibitions by new and upcoming contemporary artists. This year the concept was to work with different instances of type as design, looking to the exhibition information as the graphic/visual language for the identity and all collateral material.

Identidade visual e campanha de divulgação para a Temporada de Projetos 2018, do Paço das Artes. O conceito era utilizar as informações das exposições como elementos visuais para as peças de comunicacão e identidade, explorando diversidade tipográfica.











NA MEDIDA EM QUE CAMINHO
— 2017/18

Poster for the art film 'As I Walk', by visual artist Haroldo Sabóia.

Cartazes para o filme 'Na medida em que caminho' média metragem do artista Haroldo Sabóia.








A ESCOLA LIVRE
— 2018
Visual identity for the cycle of public talks organized by A Escola Livre (The Free School). Different typefaces represent different hierachies and voices within the design community.



Para o ciclo de conversas abertas de 2018 um novo programa de identidade foi criado. Diferentes tipografias procuram representar diferentes vozes do discurso na comunidade de design.









NOVA FOTOGRAFIA
— 2018
Visual identity, signage and digital promotion for the 2018 edition of New Photography exhibition series at MIS (Museum of Image and Sound) / São Paulo.

Identidade visual, material de divulgação e sinalização para o ciclo Nova Fotografia — 2018 no MIS/São Paulo









HARUN FAROCKI - PROGRAMANDO O VISÍVEL
—2017
Livro/catálogo para exposição colaborativa entre Paço das Artes e CINUSP.
Book/catalogue for a collaborative exhibition between Paço das Artes and CINUSP.








QUEREMOS UM HAITI LIVRE /
O VELHO MORRERÁ, E O JOVEM ESQUECERÁ
—2017
Risograph posters designed in collaboration with visual artist Ícaro Lira, based on life experiences and personal stories from Haitian and Palestinian refugees living in São Paulo. Part of the project "Foreigner's Museum" on the 20th Videobrasil Contemporary Art Festival, at SESC Pompéia.

Cartazes em risografia, desenvolvidos em colaboração com o artista Ícaro Lira, a partir de vivências e relatos de refugiados Haitianos e Palestinos. Parte projeto Museu do Estrangeiro no 20º Festival Videobrasil, no SESC Pompéia.


























A HISTÓRIA DA _RTE
— 2017
The History of _rt is a project that presents data of all 2.443 artists found in the 11 more common books for the teaching of art history in Brasil. The pamphlet aims to expose the unequalities of the "official" understanding of art history and how it is taught in Brazil.

The pamphlet was distributed for free during 2017 in museums, galleries and art institutions in all 27 states of Brazil and countries such as US and UK.
O projeto A História da _rte apresenta dados quantitativos e qualitativos de todos os 2.443 artistas encontrados em 11 livros utilizados em cursos de graduação de artes visuais no Brasil. A intenção é mensurar o cenário excludente da História da Arte oficial estudada no Brasil a partir do levantamento e do cruzamento de informações básicas encontradas.

O material foi distribuído gratuitamente ao longo de 2017 na entrada de museus do Brasil e de outros países selecionados pela equipe.






Ambiente de lançamento do projeto durante a exposição Rumos organizada pelo Itaú Cultural.
The project was first presented in an installation, part of the Rumos exhibition at Itaú Cultural center.



O panfleto distribuído na biblioteca do MoMA de Nova York e também do Museu Afro Brasileiro, em São Paulo. 
The pamphlet being distributed in venues such as MoMA NY Library and the Afro-Brazilian Museum, in São Paulo.









TEMPORADA DE PROJETOS 2017
Paço das Artes, 2017

Identidade visual para o ciclo anual de exposições de novos artistas organizado pelo Paço das Artes.

A busca foi pela construção de um sistema que permitisse que cada exposição posuísse sua própria identidade, e ao mesmo tempo ter elementos que amarrassem o ciclo inteiro como parte de um mesmo evento.

A ideia de "identidade" foi então reduzida a um conjunto mínimo de elementos: uma cor; uma forma; uma família tipográfica.









Seleção de cartazes e convites digitais das exposições.

A selection of posters and digital invites for the exhibitions.




















helvetica 60
— 2017
Pesquisa, conteúdo e layout para o caderno especial helvetica 60 do Nexo Jornal. O material contém uma pesquisa sobre a origem e desenvolvimento da tipografia, incluindo desenhos originais e sketches; um teste interativo de reconhemento de caracteres; e depoimentos de designers brasileiros.





VOYAGER 40
— 2017
Research, content and layout for a special feature on the 40th anniversary of the Voyager and its Golden Record.

Pesquisa, conteúdo e layout para o caderno especial sobre os 40 anos de lançamento das sondas Voyager para o Nexo Jornal. O material interativo apresenta a jornada das duas sondas, e explora o conteúdo de informação, conhecimento, e audio que elas carregam pelo universo.











FEIRA PLANA #4
EDIÇÃO PRETO E BRANCO
2016 

Identidade visual, material de divulgação e impresso para a 4ª edição de Feira Plana, maior evento de auto-publicações do Brasil, em São Paulo.
Interpretando o tema da edição "Preto e Branco", a identidade é baseada em um conjunto de patterns que alternam as cores preta e branca, sim/não, informação/superfície. Uma tipografia monoespacejada foi utilizada em referência ao zine punk datilografado.

O material foi todo impresso e montado com técnicas mais próximas do universo do-it yourself como fotocópia, impressão a laser, serigrafia.



Livreto de programação









OUTRAS HISTÓRIAS DA ARTE CONTEMPORÂNEA
— 2015/16  
Identidade visual e publicação para o seminário internacional do Paço das Artes, com o tema OUTRAS HISTÓRIAS DA ARTE CONTEMPORÂNEA. O entendimento linear da história da arte é fragmentado em diferentes composições e narrativas que mudam cada vez que a marca é aplicada
Visual identity and publication for the Paço das Artes seminar OTHER HISTORIES IN CONTEMPORARY ART. The linear understanding of art history is broken into different lines and arragements that emerge from a source point. Each time the title appears it takes a different shape.










A publicação do seminário traz textos de todos os participantes, e é impressa em azul, com detalhes em cobre. Um capítulo especial traz projetos em texto de 3 artistas participantes, e é impresso inteiramente em cobre, alternando diferentes composições visuais.
The publication brings together essays and artists contributions, and is printed in blue and metallic copper ink. The section with artists projects is printed entirely in copper, and plays with different arrangements for text.










LOWSUMERISM
— 2015

A risograph book compiling a series of texts by trend consultancy Box1824 on the subject of lowsumerism and contemporary waste and consumption.

Publicação impressa em risografia compilando os textos publicados no Ponto Eletrônico, blog da consultoria Box1824, focados no tema de Lowsumerism, e nas mudanças do consumo no contemporâneo.
















COMO FAZER UMA CÁPSULA DO TEMPO?
HOW TO DESIGN A TIME CAPSULE?
—2015





A ESCOLA LIVRE
— 2014 – 2018

A primeira identidade visual d'A Escola Livre era baseada na cor laranja e na família tipgráfica TYP1451, da Lineto.








A ESCOLA LIVRE : ENTREVISTAS V.1
— 2016

Em 2016 foi publicado o livro "Entrevistas Vol. 1". Compilando a transcrição de algumas das conversas realizadas durante os 3 primeiros anos da Escola Livre. Entrevistas com Carlos Issa, Elaine Ramos, Celso Longo, Daniel Trench, Elisa von Randow e Rico Lins. Impresso em risografia numa tiragem limitada de 300 exemplares. A sobrecapa e as imagens de abertura são reproduções de trabalhos desenvolvidos pelos alunos nas oficinas.








ARTE EM DESLOCAMENTO: TRÂNSITOS GEOPOÉTICOS
— 2014/15
Identidade visual e publicação para o seminário internacional do Paço das Artes, com o tema ARTE EM DESLOCAMENTO: TRÂNSITOS GEOPOÉTICOS.

O desenho do território sul-americano foi fragmentado em diferentes composições seguindo as linhas de meridianos e paralelos. Elementos tipográficos remetem à linguagem cartográfica e geram diferentes composições: traçados, pontilhados, círculos, flechas.
Visual identity, programme and book for the Paço das Artes seminar ART IN DESLOCATION: GEOPOETIC TRANSITS.

The drawing of the south-american territory is fragmented in diferente compositions following the meridian and parallel lines. Typographic elements refer to cartographic language through circles, dashed lines, arrows. Information is written in blue over bright orange ink.




A publicação do seminário traz textos de todos os participantes, e é impressa em azul, com detalhes em laranja fluorescente. A abertura de cada texto é uma diferente composição de textos e elementos visuais.
The book brings together contributions from all participants. The title page for each text displays a different geographic element.
 






RESGATE NA NATUREZA
— 2014


Nature Rescue is a monographic book for brazilian artist and furniture designer Hugo França. His carving technique, based in indigenous communities from Brazil, uses wood from trees that are already dead. The photographic book, printed in three different shades of black ink, follows the process behind one of his pieces from start to finish. The book also presents an interview and an essay by design historian and critic Rafael Fernandes.
A publicação contrapõe um ensaio fotográfico impresso em 3 tons de preto documentando o processo de trabalho do designer/artista com um ensaio crítico e entrevista.

Subvertendo a lógica, o ensaio é impresso em papel sem revestimento, e a entrevista em um papel com brilho e textura matte. As fotografias são impressas usando uma técnica de 3 tintas pretas que se somam para compor luz/sombra e meios-tons.









S—A—L—A
— 2013
Sala (Room) was a one-day musical event at CCSP (São Paulo Cultural Center) that marked the reopening of the Adoniran Barbosa Concert Hall.

The visual identity for the event was based around the idea of the hall, making references to its square-shaped structure and stage, and taking cues from architectural blueprints. Guests received a small fanzine that presented the artists through interviews, and showed pictures of the newly renovated concert space. The main spread was a poster reproduction of the blueprint for the entire space.

S—A—L—A foi um evento musical organizado pelo projeto deebpeeb no Centro Cultural São Paulo, reativando o espaço da Sala Adoniran Barbosa.

A identidade do evento e projeto editorial do fanzine/programa, impresso em risografia, procuram aludir ao espaço da sala de espetáculos — a cor azul e o desenho das plantas de arquitetura, as linhas e formas ortogonais, o desenho da platéia e dos cortes/vistas da sala.











PARA ALÉM DO ARQUIVO
— 2012
Visual identity and printed matter for the exhibition Beyond the File, curated by Priscila Arantes and Cauê Alves at CCBNB cultural center.

Identidade visual e catálogo para a exposição Para Além do Arquivo, com curadoria de Priscila Arantes e Cauê Alves. A exposição aconteceu no CCBNB entre dezembro de 2012 e janeiro de 2013.



The exhibition catalogue was an interactive piece that was part of the show. Visitors were invited to assemble their own catalogues by photocopying folders containing information from the artists. The publication was bound with a plastic clip, and the cover was the A3 poster that promoted the exhibition, that once folded to its final format allowed for different compositions.

O catálogo da exposição constituia em uma obra interativa: os visitantes eram convidados a montar seu próprio exemplar fotocopiando fichas de informação das obras e artistas. A encadernação era feita por meio de um furador e grampos de plástico; a capa do catálogo era também o cartaz da divulgação, em formato A3 — que quando dobrado para o formato final (A5) permitia diferentes permutações e composições.













VER O TIBET
— 2010
Visual identity and printed matter for Ver o Tibet (See Tibet), a film festival with movies that were made in Tibet prior to its invasion by China.

The identity makes several references to Tibetan culture, lifestyle, buddhism, in order to try to understand and present if from different points of view: family photographs of exiled tibetans, religious imagery, film stills from the festival, a world map, a map of China and Tibet etc.

The folder for the festival also presents different types of editorial content as a sort of a mural: curatorial text, an interview with the Dalai Lama, a timeline, and the programme. The other side is a poster for the festival.
Identidade visual e material promocional para a mostra de cinemas VER O TIBET, realizada na Caixa Cultural no Rio de Janeiro. O conteúdo da mostra é de filmes que mostram o tibet pré ocupação Chinesa.

O programa da mostra é inspirado no Dazibao tibetano: um jornal-mural. Com o formato de uma folha gráfica inteira apresenta uma multiplicidade de conteúdos: uma entrevista com o Dalai Lama, texto curatorial, uma linha do tempo de Lhasa.

A comunicação visual é estruturada no pressuposto de que o que forma a "ideia" de um lugar – ou sua imagem – é um conjunto de diferentes referências. Ícones budistas, imagens pessoais de tibetanos, stills dos filmes e imagens jornalísticas ilustram os materiais.









© GUILHERME FALCÃO PELEGRINO, 2010—2020